O Instituto Omolará é uma organização de mulheres negras, sem fins lucrativos, que age para a valorização das raízes africanas, através da garantia equânime de direitos, do fortalecimento do afroempreendedorismo e da mobilização de sujeitos, organismos e redes. Desenvolvemos ações junto a outras mulheres negras e suas comunidades a partir de investimentos de pessoas físicas e jurídicas.




NOSSA HISTÓRIA

Fundado em 2012, por quatro ativistas do movimento negro, o Instituto Omolará atua nas áreas de Direitos Humanos, Educação e Afroempreendedorismo.
Conheça alguns projetos desenvolvidos pelo Instituto nos últimos oito anos:




Fundação do
Instituto Omolará




Rede Rosa de Mulheres
Violeta do Batam




Com a missão de elevar a autoestima das mulheres e a independência econômica, os objetivos do projeto eram a equidade de direitos, incentivar a mulher empreendedora do Batam, e promover mudanças para a cidadania e autonomia das mulheres.




Fórum de Oportunidades
Empreendedoras do Batam




O projeto consiste em um espaço de discussão sobre as possibilidades e estratégias de crescimento econômico e social para as empreendedoras, incluindo a comunidade, as escolas, as lideranças comunitárias, as empresas de grande e médio porte e os órgãos públicos.




Aceleração de Negócios de Impacto do Baanko Group: projeto com proposta de desenvolvimento local or meio de uma agência para a criação de moeda local.

Ubuntu - Somos todas Uma, Antes e Depois: o objetivo do projeto é combater a violência contras a mulher nas comunidades e promover a reflexão sobre a discriminação e a necessidade de valorização das mulheres como cidadãs. A iniciativa foi apoiada pelo Fundo Elas de Investimento Social e Instituto Avon, através do Fundo Fale Sem Medo.




Trabalho digno para as mulheres na cadeia da moda - Costurando Gênero com Direitos Sociais e Empreendedorismo

O objetivo do projeto é criar um espaço de diálogos para trocas de experiencias e saberes entre mulheres e jovens negras que trabalham na produção de peças de vestuário para médias e grandes grifes, confecções e marcas. Este projeto foi apoiado pela FASE Federação de Órgão para Assistência Social e Educacional.









QUEM SOMOS

Patrícia, Sinara, Tássia, Vanessa, Márcia, Bolají, Ana Carolina.

O Omolará é feito por mulheres negras de diferentes contextos, que se uniram com o propósito de fortalecer outras mulheres negras. Criado em 2012, sonhamos em intervir para a equidade racial, de gênero e econômica através de projetos, parcerias e investimento social. Trabalhamos para a construção coletiva do bem viver de mulheres negras, suas famílias e comunidades. Coletividade, ancestralidade e respeito são os valores que guiam nossas ações. Nossa missão é contribuir para a superação do sistema de opressão racista, sexista e classista no enfrentamento à necropolítica do Estado brasileiro.

Omolará: Nascida no Tempo Certo! Valorizando e investindo no legado negro, feminino, coletivo e poderoso de resgate, cuidados e transformações, sempre pelo Bem Viver! Asé Oh!

CONHEÇA NOSSAS OMOLARÁS:



ANA CAROLINA

Jornalista e pesquisadora sobre economia criativa, com foco nos arranjos de mulheres negras. Acredita no potencial da comunicação para conectar pessoas e transformar realidades.



BOLAJÍ

Historiadora em formação, mulher preta, filha do Ilê, intelectual orgânica desde criança. Nascida com Honra.



MÁRCIA

Engenheira civil, atuando há mais de 20 anos na área de saneamento básico, com ênfase na melhoria e renovação da infraestrutura, resultando em redução de perdas de água. Integra o Conselho Fiscal do Instituto Omolará.



PATRÍCIA

Iyalorixá, ativista e Mestre em Comunicação, Informação e Educação. É apresentadora do programa “Educando para a Diversidade”, da TV UNESP e Presidente do Instituto Omolará.



SINARA RÚBIA

Escritora, contadora de histórias, educadora e Mestranda em Relações Étnico Raciais do CEFET-RJ. Faz da palavra potência para acolher e construir novas referências para as mulheres negras.



TÁSSIA

Antropóloga, feminista contra-colonial e pesquisadora das áreas de gênero e raça. Mulher, lésbica e periférica que acredita e investe na força transformadora e ancestral do feminino negro no mundo.



VANESSA

Afro-empreendedora, gerente em processos comerciais, componente na Comissão de Averiguação das autodeclarações de Pretos e Pardos nos concursos da VUNESP. Integra o Conselho Fiscal do Instituto Omolará.
SILVIA PRESENTE!

“A injustiça que se faz a um é uma ameaça que se faz a todos.” - Charles de Montesquieu

Essa era uma frase que a Omolará Silvia Regina gostava, citava, vivia e acreditava. Nossa querida companheira, que agora não está mais presente fisicamente entre nós, nos deixou um legado precioso de ensinamentos que nos permitem interferir nessa sociedade de maneira política e organizada.

Silvia se dedicava integralmente à estruturação do Instituto Omolará, com perspicácia, otimismo e paciência. Com voz baixa, olhar profundo e solidariedade, ela não se conformava com injustiças. Silvia era uma ativista que não gostava de falar muito - suas armas de luta eram a observação, a escuta, o planejamento e a organização para realizar ações práticas, estratégicas e eficazes. Antes de ir embora do Aiyê, Silvia deixou o trabalho concreto, os resultados e as experiências para que as demais Omolarás pudessem continuar.

Nossa irmã acreditava que lutar pelo Bem Viver das mulheres negras é a melhor forma de garantir o bem estar de toda a sociedade, pois como diz nossa Angela Davis: “Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura da sociedade se movimenta com ela”.

por Sinara Rúbia

















O QUE FAZEMOS?


O Instituto Omolará desenvolve ações direcionadas para o fortalecimento de mulheres negras, em especial das jovens negras, por meio de programas de Defesa dos Direitos das Mulheres, Formação Política e Econômica, Governança e Advocacy, e Valorização das Artes e Culturas de Resistência.

Atuamos com temas orientados à mobilização comunitária, geração de trabalho e renda e novos modelos de produção sustentáveis. Além disso, nossos projetos visam o acesso à educação de qualidade e ao desenvolvimento sociocultural. Trabalhamos com a transversalização dessas áreas para promover reflexões sobre as questões de gênero, de raça, dos direitos humanos, da igualdade e equidade e a superar as violências.

Saiba mais sobre nossas ações:




TRINCHEIRA PRETA FEMINISTA


Projeto de fortalecimento institucional inserido no Programa de Formações Políticas e Econômicas, e apoiado pelo Programa de Aceleração de Lideranças Femininas Marielle Franco do Fundo Baobá para a Equidade Racial. Este projeto tem como objetivo principal desenvolver as capacidades organizacionais do Omolará através de ações de formação política em diálogo com mulheres negras e suas comunidades. Visualizando o Omolara com processos de gestão bem definidos e executados em projetos voltados ao desenvolvimento social, com efetiva capacidade de comunicação e incidência no contexto atual.




BALAIO DA RESISTÊNCIA:
Pelo Sustento, Contra a Violência
e Pelo Bem Viver!

Inserido no Programa de Defesa dos Direitos das Mulheres, esta ação está promovendo a distribuição de kits de alimentação e higiene entre mulheres negras costureiras moradoras de áreas periféricas do Rio de Janeiro. Além dos itens básicos de subsistência, a ação conta com a entrega do Balaio da Resistência, um kit com elementos de fortalecimento subjetivo e identitário com o objetivo de acolher as mulheres em tempos desafiadores. O Balaio inclui: um livro de literatura negra da autora afro-brasileira Conceição Evaristo, um folheto educativo sobre como identificar e o que fazer em casos de violência doméstica e de gênero durante a pandemia, máscaras de proteção e uma unidade de álcool gel. Esta iniciativa conta com o apoio da Fundação Laudes, através do Fundo SAAP da FASE; da Farm, Silva Assessoria, da Agência de Redes para Juventude e da Cufa. A entrega foi feita em parceria com o Fórum Estadual de Mulheres Negra.









ENCONTROS COM IYA



As ações de formação política do Omolará utilizam a metodologia dos Círculos de Cultura e tem como objetivo o resgate dos valores afro-brasileiros voltados para o fortalecimento das subjetividades de mulheres e jovens negras enquanto sujeitos capazes de transformarem as suas realidades. Essas formações são os chamados Encontros Com Iya, mediados pela Iyalorixá do Ilê Axé Iya Mi Agbá Patrícia Alves, pedagoga, ativista do feminismo negro, pesquisadora da UNESP e presidente do Omolará. Atualmente, os Encontros estão acontecendo em formato online com apoio do Programa de Aceleração de Lideranças Femininas Marielle Franco do Fundo Baobá para a Equidade Racial.

Porque contribuir com o Omolará?

Os projetos e ações do Instituto Omolará são direcionados à construção de novos futuros, resgatando valores ancestrais e cuidando do nosso presente. Contribuir com o Instituto é investir no potencial das mulheres negras para realizar a transformação que queremos no mundo.

Somos uma Organização da Sociedade Civil (OSC) sem fins lucrativos e todo recurso que recebemos é destinado às nossas atividades e à manutenção do Omolará, conforme os princípios dispostos na Lei 9.790/99.

Quem nos fortalece e possibilita que continuemos nosso trabalho são pessoas como você.


Faça Sua Contribuição

Ao participar desta campanha, você concorda em ter seus dados compartilhados com os organizadores dessa campanha e aceita receber emails de atualização, conforme descrito na política de privacidade desse site. No entanto, você também tem o direito de cancelar o recebimento desses e-mails a qualquer momento.



Com a doação de R$ 10,00, o seu nome é divulgado na nossa lista de parceiros e você recebe um e-mail especial de agradecimento por fortalecer no Omolará!




Para as doações de R$30,00 e de R$ 50,00, o seu nome é divulgado na nossa lista de parceiros, você recebe um e-mail especial de agradecimento e passa receber nossa newsletter mensal, com um resumo do que rolou durante o mês e mais algumas indicações de livros e conteúdo das nossas Omolará!



Na doação de R$ 100,00, além da divulgação do seu nome na nossa lista de parceiros, do e-mail de agradecimento e da nossa newsletter mensal, você recebe também um brinde exclusivo feito pelas mulheres negras que apoiamos!



A doação de R$ 250,00 traz como recompensa a divulgação do seu nome na nossa lista de parceiros, um e-mail especial de agradecimento, o recebimento da nossa newsletter mensal, dois brinde exclusivos feitos pelas mulheres negras que apoiamos e mais o nosso kit Omolará, com ecobag do Instituto, um encarte sobre o enfrentamento a violência, um adesivo e um botom.

QUEM NOS APOIA





TRANSPARÊNCIA
Desde 2012, o Instituto Omolará já realizou uma série de formações educativas, ações socioculturais, apoiou afroempreendedoras e desenvolveu projetos junto às mulheres negras em diversas regiões do país. Os recursos financeiros desta campanha são destinados à manutenção do Instituto e das suas iniciativas. Veja como utilizamos os recursos da doação:






NOSSAS REDES


Whatsapp
Facebook
Instagram